Rotina que me devora, ao mesmo tempo que alimenta… Há um misto de dor e amor que me consome, mas que também me constrói…

 

FeSendra

“Leonardo tornou-se discípulo tanto da experiência quanto do conhecimento transmitido por meio dos livros. Mais importante que isso, ele passou a entender que o progresso da ciência dependia de um diálogo entre as duas coisas. Isso, em contrapartida, o ajudou a perceber que o conhecimento também vinha de um diálogo similar: entre a experimentação e a teoria.” Walter Isaacson – Biografia de Leonardo da Vinci…

Postagem propositalmente feita na madruga, porque eu pertenço a ela, e muita gente não sabe… (essa foto é um retrato de uma rotina que me devora, ao mesmo tempo que alimenta… há um misto de dor e amor que me consome, mas que também me constrói…)

Quem me conhece sabe que sou da noite, é nesse período, enquanto a maioria das pessoas dorme, que minha mente mais trabalha… é na madrugada que costumo alimentar minha Arte/alma, com o poder das palavras, ora lidas, ora escritas… não, Arte não se faz só com tinta, papel e caneta, mas com muito estudo e pesquisa… a Arte que sai de dentro da gente, tá carregada de todo conhecimento e experiência acumulados durante todo o nosso percurso de vida, ela é reflexo das nossas ações, dos livros que lemos, do mundo que conhecemos, das conversas que tivemos…

Na minha “biblioteca” particular tem romance, tem suspense, tem policial e tem drama, mas também tem filosofia, história, design, curiosidades, arquitetura, empreendedorismo, biografias, fotografia, guias de viagens e tudo o mais que puder me interessar e enriquecer a alma…

Além de livros, há também cadernos, pedaços de papel e diários antigos e novos (porque voltei a criá-los), onde hibernam anotações perdidas dos meus devaneios, curiosidades, e reflexões sobre o que leio, sobre o que vejo e sobre o que vivo… sempre penso em despir minha mente, revisitar cadernos e papéis antigos, e jogar estas reflexões pessoais e livres por aí, mas elas me parecem tão íntimas… quem sabe?!, estou pensando…

Terminei há dois dias a leitura da biografia de Leonardo da Vinci por Walter Isaacson, e ver a riqueza de seus cadernos cheios de anotações descompromissadas me deram uma sacudida…. porque não? Será???

Com amor,

FeSendra.

 

Ps.: As imagens e textos deste Blog são protegidos pelas Leis de Direitos Autorais, que proibe a cópia e uso por terceiros sem autorização prévia do autor. Respeitar o trabalho de um artista, é um ato de amor. Pratique! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s